back Voltar ao Blog



Danças de salão: uma forma de beneficiar a saúde


Que tal queimar calorias e ainda se divertir pra valer? Gostou da ideia? Então, experimente praticar a dança de salão, uma excelente atividade física capaz de detonar até 700 calorias em uma hora de aula. Isso tudo em um ambiente alegre e descontraído, ao ritmo de músicas variadas e contagiantes.

Os benefícios que a atividade proporciona são vários, tanto para o corpo quanto para a mente. “A dança melhora o condicionamento físico e cardiovascular, favorece a circulação sanguínea e a capacidade respiratória, bem como fortalece toda a musculatura. Por se tratar de uma atividade social, ela possibilita o convívio com outras pessoas, ajudando aqueles que são mais tímidos e introspectivos a fazerem novas amizades.

Há também um grande ganho no raciocínio e na memória, além do aumento da autoestima”, conta Simone Sant’Anna, diretora artística da Academia Pulsarte. E por não apresentar contraindicações, pode ser praticada por pessoas de qualquer idade, inclusive idosos. “Porém, como em toda atividade física, é importante consultar antes um médico para ter certeza de que você está em condições de praticar a modalidade sem preocupações”, avisa Simone.

Entre os ritmos explorados no curso, destacam-se o bolero, o soltinho (um gênero muito divertido, que mistura o swing, o fox e outros), o samba, o forró, a lambada, a salsa e o tango. Ao contrário do que muitos imaginam, não existe uma modalidade mais voltada para os braços ou para as pernas. “A dança trabalha o corpo como um todo, pois envolve movimentos com a cabeça, o tronco e os membros. As pernas, claro, são sempre solicitadas”, comenta Ana Clara Oliveira Figueiredo, personal trainer da Academia Bodytech.

Para se refrescar ou mesmo hidratar o corpo, no intervalo entre um ritmo e outro, não deixe de beber um saboroso suco Ades. Ele é levinho e repleto de vitaminas!

E para quem ainda carrega o preconceito de que dança de salão é “coisa de velho” e de que alguns ritmos, tais como o bolero, são “caretas”, surpresa: atualmente, muitos jovens se interessam por essa atividade e fazem bonito! O administrador de empresas Guilherme Feitosa, de 51 anos, e seu filho, o adolescente Gabriel, de 17 anos, frequentam semanalmente a aula e adoram. “Eu me interessei pelo curso porque queria aprender a dançar direito nas festas. Eu era muito ‘travado’. Agora já estou dançando com mais desenvoltura em vários ritmos. Minha namorada adorou”, conta Gabriel. Guilherme, por sua vez, diz que encontrou na atividade uma maneira de manter a forma e, ao mesmo tempo, se divertir. “Aqui eu relaxo, esqueço os problemas, dou risada e ainda mexo o corpo”, conta.

Lucie.Barreira
Fonte: http://www.portalvital.com/saude/bem-estar/aposte-na-danca-de-salao
Quinta, 10 de Abril, 2014 por Lucie.Barreira
local Ligações
Salão