back Voltar ao Blog



O papel da dança na educação


A dança é utilizada como uma forma de linguagem desde o começo dos tempos, com o passar dos anos foi aperfeiçoada, desenvolveu-se uma técnica que gerou a primeira escola de dança do mundo, inicialmente com o ballet clássico, houve evolução para o jazz, depois outras modalidades. Já foi utilizada na cultuação de deuses no passado, e hoje adquiriu aspecto lúdico onde se fantasia histórias ou se transmite uma mensagem.

A dança pode ser aplicada em qualquer faixa etária, inicialmente com crianças que por vezes é mais fácil de ser aplicada utilizando o lúdico como referencial para o aprendizado, mas a dança pode ser iniciada em qualquer momento da vida, proporcionando a cada momento sensações e benefícios variados.

Este estudo tem como objetivo verificar o quanto a dança está presente nas aulas de Educação Física no ensino médio, qual o interesse dos alunos nesse tipo de atividade, se os cursos profissionais de Educação Física possuem embasamento suficiente para realização prática.

Antigamente vivenciar a prática desde criança eram para poucos, iniciei na dança aos 26 anos sem experiência alguma, tive muitos problemas de equilíbrio, tempo, espaço, entre outros, pois não tive contato com a dança na escola. As aulas de educação física eram um martírio, não possuía afinidade com qualquer jogo com bola, o aquecimento consistia numa corrida de 10 minutos que nunca conseguia acompanhar, era muito desestimulante!

Hoje ainda sinto dificuldades, mas cada ano que se passa, consigo perceber diferenças, isso me estimula a querer aprender mais. Hoje consigo realizar coisas que antes nem sonhava que era capaz, nos estágios observo o quanto uma atividade que hoje aparentemente fácil como o vôlei, quando o professor coloca a rede, a partida não sai do saque, na época em que eu estudava não era diferente, se hoje o é credito tudo à dança.

A dança na escola traz muitos benefícios para o aluno, poderia citar inúmeros, mas focarei alguns, como: ajudar a desenvolver suas habilidades, o que o torna mais sensível a percepção corporal, e num jogo, por exemplo, conseguirá executar os movimentos utilizando músculos e articulações que talvez antes não tivessem consciência de como utilizar.

A dança afeta o humor principalmente dos adolescentes e atua como forma de comunicação. Alunos passam muito tempo sentados em sala de aula, logo problemas posturais são comuns, podemos ajudá-los na prevenção do problema, não que seja nossa responsabilidade, mas se podemos ir além dos benefícios, minimizar problemas, por que não? Afinal somos educadores.

A dança no decorrer da história perdeu seu significado, na escola ela deve ser aplicada em qualquer faixa etária, mas quando se fala de dança é por vezes mais fácil pensarmos em crianças menores, pois adolescentes são mais exigentes e pouco motivados por natureza, esse trabalho visa repensar no significado da dança e como ela pode ajudar nessa transição.

Lucie.Barreira
Fonte: http://www.efdeportes.com/efd143/a-danca-no-ensino-medio-contextualizando.htm
Terça, 15 de Julho, 2014 por Lucie.Barreira