back Voltar ao Blog



Porque é que os homens devem aprender a dançar?


Introdução

Se estás a ler isto, das duas uma: és um homem a pensar fazer aulas de dança social (dança de salão, salsa, kizomba, tango, bachata, entre outras) ou uma mulher a tentar descobrir como convencer um homem a aprender a dançar.

Existem 4 razões principais para um homem aprender dança social, que vou desenvolver em seguida.


Estilo e sofisticação

Quem é provavelmente o homem mais estiloso, sofisticado e extremamente másculo? Várias hipóteses são possíveis, mas aquela que me vem à cabeça é James Bond. Consegues mesmo imaginar o James Bond como uma personagem tão impressionante como ele é, se não soubesse dançar?

Mesmo que não te tenhas lembrado do James Bond, pensa em que coisas tornariam um homem um pouco mais interessante? Provavelmente pensaste, mesmo que não o queiras admitir, que saber dançar com uma mulher faz parte dessa lista.

Quando aprendes a dançar automaticamente aprendes os aspectos mais refinados da cultura Ocidental, não conseguindo evitar ser um pouco mais sofisticado.
E estamos a falar de uma sofisticação bem máscula, ‘à la James Bond’.


Um desafio

Que tipo de homem foge de um desafio?

Na realidade a dança social oferece o tipo de desafio que realmente dá uma oportunidade ao homem de se ‘chegar à frente’.

Não é apenas um desafio físico que pode ser resolvido aumentando a força ou velocidade. É necessário dominar movimento e confrontar um dos grandes medos do homem: fazer má figura. Uma das razões para os homens dizerem que não precisam de aprender a dançar é o medo de parecer estranho a fazê-lo.

A verdade é que provavelmente vais fazer má figura a primeira vez que tentares dançar. Vais preocupar-te com a tua imagem a primeira vez que dançares socialmente. Mas achas realmente que deves passar a vida a preocupares-te com o que os outros pensam?

Quando agarrares o desafio da dança social vais saber que abraçaste uma provocação que fez de ti uma pessoa melhor.


Algo para aprender e manter o cérebro activo

A vida pode tornar-se bem chata quando não aprendemos nada de novo. E quando começares a aprender danças a par um novo mundo irá abrir-se: a história, a cultura, a fisiologia, a música, os passos, as coreografias e muito mais.

Tudo isto não será dominado num curto período de tempo. Pelo contrário, irás descobrir que quanto mais aprendes mais há para aprender. Esta é a parte do desafio mencionada antes, pois a dança social vai sempre mostrar-te algo em que investir. A melhor parte é que podes ainda decidir se queres dançar melhor um género específico, aprender uma dança nova ou mais passos de uma única dança.

Tudo isto pode manter o cérebro de boa saúde, além de que o próprio acto de dançar também te faz pensar.

Não só é preciso prestar atenção à mulher com quem danças de forma a conseguir conduzi-la, como saber viajar pelo espaço de dança de forma a não colidir com outros. Também é preciso fazê-lo mantendo-te no tempo da música. Tens de prestar atenção ao que vês, ouves e sentes, e decidir o que fazer com todos estes estímulos.

É esta capacidade de alta coordenação cognitiva que faz da dança social a melhor forma de prevenir Alzheimer. Pesquisas mostram que a dança social é melhor para prevenir demência do que ler ou fazer palavras cruzadas. Se queres (e devias querer) manter o cérebro em boa forma, então a dança social é o indicado para ti.


Ser ‘mais homem’

Provavelmente achas que dançar a par é um pouco antiquado e no que toca aos papéis assumidos homem/mulher de facto é. Na dança social o homem é o líder, mesmo que não o seja no dia-a-dia. Ele vai segurar e proteger a mulher com quem dança enquanto a conduz pela pista de dança, segurá-la com confiança de forma a que ela se sinta segura. O homem será fisicamente forte, mas com um abraço suave onde ela se pode perder facilmente na dança.

Assumir este papel mais masculino pode ajudar um homem a tornar-se mais confiante e atraente para as mulheres. Aproveito para relembrar do tema James Bond abordado antes.


Resumindo...

Se andas à procura de razões para os homens aprenderem a dançar elas são:

- Sofisticação
- Desafio
- Manter o cérebro saudável
- Ganhar confiança

De certeza que não vais aprender a dançar porque é a opção mais fácil.

É um desafio? Sim. Mas vai valer a pena o esforço.

SaraClaro
http://ezinearticles.com/?Why-Should-Men-Learn-Ballroom-Dancing&id=7442938 (adaptado)
Imagem retirada de: http://vi.sualize.us/paula_couselo_phot
Quarta, 21 de Janeiro, 2015 por SaraClaro