back Voltar ao Blog



Segredos e Dicas para uma noite de Kizomba - 2ª Parte - O Perfume


Acabaste de chegar ao mundo da Kizomba e ainda não percebes bem como funciona? Bom, então estes artigos são para ti, aqui vão algumas dicas úteis e interessantes sobre várias coisas que deves saber antes de te aventurares pela pista fora!


A Roupa | O Perfume | O Convite | O Abraço | A Dança | A Despedida



O PERFUME

Uma das principais características da Kizomba é a proximidade entre o par, o que enfatiza a importância de cheirarmos bem.
Um bom perfume e um bom anti-transpirante (não é desodorizante é mesmo anti-transpirante) são fundamentais antes de sequer pensares em ir dançar umas Kizombas!
Dificilmente alguém volta a dançar com alguém que cheirava mal ou tinha um perfume insuportável... “Cheirava mal” é uma das primeiras coisas que se comenta logo após uma dança, reduzindo drasticamente a probabilidade que outros te convidem para dançar ou aceitem o teu pedido, nessa noite e nas próximas.
Opta sempre por um perfume mais suave e agradável, perfumes fortes são muito desaconselháveis. Atenção à quantidade que colocas, por muito bom que seja o perfume, se tomares banho nele vai funcionar ao contrário.

Senhoras
Existe um pormenor fundamental para as fumadoras que nunca se deve esquecer: fumar sempre com a mão esquerda! Para quem não fuma, o cheiro a cigarro é dos piores odores, e a mão que segura o cigarro terá um cheiro desagradável. Quando estiveres a dançar, seja em abraço aberto ou fechado, a tua mão direita vai estar sempre muito perto da cara do homem, por isso, evita sempre segurar o cigarro com a tua direita.

Cavalheiros
Não basta ir a uma loja qualquer e comprar o perfume mais barato, se há coisa em que deve investir é num bom perfume. Se não sabe, pergunte, as meninas simpáticas da loja sabem de qual é que as senhoras gostam mais.
Cuidado ao colocarem o perfume no pescoço e no peito. Como esse será provavelmente o ponto mais próximo a que as senhoras vão chegar, não abusem.


<< 1ª Parte - A Roupa                          3ª Parte - O Convite >>

Dançaki
Texto original DançaKi, todos os direitos reservados.
Terça, 13 de Janeiro, 2015 por Dançaki