back Voltar ao Blog



Segredos e Dicas para uma noite de Kizomba - 6ª Parte - A Despedida


Acabaste de chegar ao mundo da Kizomba e ainda não percebes bem como funciona? Bom, então estes artigos são para ti, aqui vão algumas dicas úteis e interessantes sobre várias coisas que deves saber antes de te aventurares pela pista fora!


A Roupa | O Perfume | O Convite | O Abraço | A Dança | A Despedida



A DESPEDIDA

Uma dança? Duas seguidas? Quantas afinal? Não existe uma regra estipulada para o número de músicas que tens de dançar seguida com a mesma pessoa, nem para quem toma a iniciativa, mas uma coisa é certa, só podes terminar quando a música chegar ao fim. Tens uma “janela” de alguns segundos no fim da música para largares o par, se a deixares passar é de bom tom continuares até ao fim da música novamente. Das piores coisas que podes fazer na dança é abandonar na pista o teu par a meio da música.
De um modo geral, em músicas mais mexidas é normal dançar apenas uma, em músicas mais calmas é mais comum dançar duas, três ou mais músicas seguidas.
Seja como for, ambos podem sempre pedir várias vezes à mesma pessoa para dançar ao longo da noite.
Agradece sempre a dança no fim com um sorriso, mesmo que não tenhas gostado.

Senhoras
Se ele não entender o limite da tua zona de conforto, despede-te educadamente, deixando claro o teu desagrado e demonstrando às restantes senhoras da sala o ambiente desconfortável que ele proporcionou.

Cavalheiros
A pergunta que acontece sempre no fim da dança… ”Será que ela quer continuar?” Bom, não existe uma resposta, um sinal é ela afastar-se um pouco com o fim da música ou, por outro lado, se aconchegar avisando que tem todo o gosto de continuar, mas não te preocupes, se ela não quiser continuar ela própria vai tomar a iniciativa.

Boas danças! :)


<< 5ª Parte - A Dança

Dançaki
Texto original DançaKi, todos os direitos reservados.
Sexta, 26 de Dezembro, 2014 por Dançaki